quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Sol de amor

Eu sou uma seguidora assídua de um site de esoterismo o STUM, e adoro ler os textos deles.
Hoje li um entitulado "Sol de amor-Aurora nos olhos" de Wagner Borges e adorei! Pensei: porque postar, porque não postar... Postei! Apenas as partes que apreciei e espero que vocês também gostem.

>> Lado meloso modo: ON.

É possível viver um Grande Amor, desde que o coração esteja aberto para isso.
Digo-lhe isso, porque muitos querem amar, mas de coração fechado e na base da autodefesa, por causa de emoções mal resolvidas.
Às vezes, as pessoas jogam toneladas de medo ou de ansiedade em seus melhores sentimentos, terminando por sepultar o amor que tanto queriam vivenciar antes.
Para amar, não basta só o amor; é preciso ter coragem também!
Sim, coragem de se abrir e deixar a luz eclodir em si mesmo, fazendo o próprio coração ser um sol.
É um desperdício ver um Grande Amor sendo detonado por questões mal resolvidas, ou por posturas medíocres. Porque o amor possui um alto poder de transformação e de renovação do Ser.
Quando ele chega, tudo muda. E o coração acontece...
O amor é semelhante à luz da aurora, que dilui a escuridão na linha do horizonte do Ser... E, se alguém é tocado por ele e, mesmo assim, ainda permite que as trevas rondem seu coração, é realmente uma pena.
Porque o sol é grande, mas se alguém fechar as cortinas do aposento, sua luz não penetrará ali. Da mesma forma, por analogia, se alguém cerrar as cortinas do ego na morada do próprio coração, o sol do amor não penetrará ali.Ah, que coisa estranha é essa... Alguém desejar viver um Grande Amor e, ao mesmo tempo, ter medo da abertura causada pelo mesmo. Mas as pessoas são assim mesmo.
E nem sempre é fácil quebrar as barreiras que elas projetam contra a eclosão da luz, nelas mesmas. E, talvez, seja por isso que a dor tanto visita o coração dos homens.
E aí, em lugar do amor, surgem os bloqueios do ego; em lugar da aurora, as trevas no horizonte de si mesmo; em lugar da consciência feliz, a sensação horrível do vazio interior; e, em lugar do equilíbrio e da compreensão, fortes distorções psíquicas.
Isso porque, sem amor, tudo fica opaco. Sem o seu sol, só sobra a noite escura do Ser. Daí, eu lhe pergunto: "Você está realmente aberto para um Grande Amor e pronto para aguentar a luz da aurora despontando em seus olhos? Está pronto para abdicar de suas trevas interiores e mergulhar na luz? Você tem coragem de entrar num sol e queimar suas tolices e posturas medíocres?
E mais: você tem noção de que um Grande Amor é um presente?"A partir daí, de coração aberto, reveja os seus sentimentos e pondere mais em cima dos questionamentos pertinentes a eles. Se você errou antes, então conserte. Se agora compreende isso melhor, então se cure.
Porque o amor não é uma pessoa, é um estado de consciência! E o lugar do sol é dentro do seu coração. Então, que tal levantar as cortinas e, dessa vez, deixar a luz entrar completamente?Porque, repito, não basta só amar, é preciso ter coragem. Sim, coragem de vencer a si mesmo e de reciclar-se, constantemente, para tornar-se luz, como deve ser...
Um Grande Amor não cabe num coração medíocre. Por isso, não basta só amar, também é preciso crescer.

>Não basta só amar; é preciso construir! Os melhores jardins, quando não são cuidados devidamente, podem se encher de pragas e de ervas daninhas. E o coração é o jardim do Ser.
>Para um Grande Amor florescer, não basta só amar; é preciso cuidar.
>O amor não é uma pessoa, é um estado de consciência.
>Um Grande Amor é um presente e nem todos têm condições de reconhecê-lo. E, quando ele chega, tudo muda. E quem ama, sabe.

Já me emocionei lendo o texto, me emocionei relendo pra publicar no blog, e o que eu quero dizer a todos vocês é que não deixem de amar e nem deixem que experiências posteriores que deixaram seus corações machucados estraguem um futuro relacionamento.


Recebi selinho da Garota Karioka que adorei! Tudo bem que teve um tempo que não fui tão dedicada ao blog assim, mas tô voltando a ativa! Adorei!



Dedico os selos a todos que me seguem, até porque eu acho que indicar apenas 10 pessoas é muito pouco! =D

Namasté

=*

2 comentários:

Desabafando disse...

esse texto me fez refletir muito e mexeu comigo...sinceramente não sei se estou pronta...às vezes acho que sim (na maior parte do tempo) e às vezes penso que não.

@philipsouza disse...

Parece o Rosa de saron esse texto...lindo mesmo.......reflexao enorme ....bjaooo